top of page

Roteiro de outono: os melhores destinos na serra catarinense para desfrutar das cores da estação

A Serra Catarinense chama atenção por suas paisagens incríveis e experiências autênticas. São mirantes, parques naturais e trilhas que atraem os visitantes em busca de paisagens incríveis e experiências únicas.


Além disso, a Serra tem os melhores destinos para quem deseja desfrutar as cores do outono. Se você quer se encantar com a beleza do lugar e também conhecer as atividades sazonais na serra e a gastronomia, siga com a leitura do artigo e confira o nosso roteiro!


Destinos imperdíveis da Serra Catarinense que ficam mais lindos no outono


Mirante do Pôr do Sol

O Mirante do Pôr do Sol é um dos locais mais procurados pelos turistas que desejam desfrutar as cores do outono. Ele fica localizado na Serra Catarinense, em Bom Jardim da Serra. 


Para conferir essa beleza natural, você pode se hospedar no Hotel Rio do Rastro Eco Resort e, assim, aproveitar a gastronomia local.


Serra do Rio do Rastro
Fonte: Instagram | Rio do Rastro Eco Resort

Cânion da Ronda

O Cânion da Ronda também fica localizado em Bom Jardim da Serra. Ele possui 1500 metros de altitude. Do Rio do Rastro Eco Resort é possível ver o grande cânion e desfrutar de seu belo pôr do sol de outono. 


O local é um dos preferidos pelos turistas que gostam de tirar belas fotos e ter momentos de tranquilidade e lazer. 



Cavalgada 

A cavalgada oferecida pelo Rio do Rastro Eco Resort é de aproximadamente 2 horas. Durante este tempo, o turista aprecia as belezas naturais até a borda do Cânion da Ronda. Uma experiência incrível para quem deseja desfrutar das cores do outono e de momentos incríveis. 


No final do passeio, o turista ainda pode fazer belas fotos no balanço infinito, mais uma experiência proporcionada pelo Resort.



Cavalgada no Rio do Rastro Eco Resort
Fonte: Instagram | Rio do Rastro Eco Resort

Serra do Rio do Rastro

A Serra do Rio do Rastro fica entre cenários únicos no Brasil, onde você pode apreciar um belo pôr do sol de outono e também as belezas naturais. A rodovia SC-390 é uma das subidas mais íngremes e espetaculares da Serra, pois possui muitos penhascos e montanhas. 


No topo há um mirante com mais de 1460 metros de altitude. Ele oferece uma visão espetacular da estrada, da Serra do Rastro e da planície. A Serra Rio do Rastro fica entre as cidades de Lauro Muller e Bom Jardim da Serra.



Morro do Campestre

O Morro do Campestre tem uma das vistas mais lindas do Vale do Rio Canoas e é considerado o local com o pôr do sol mais bonito de Urubici. Ele fica apenas a oito quilômetros do centro da cidade. 


O acesso é feito pela SC-370, uma estrada de chão de movimento intenso. Do centro da cidade, você deverá pegar à direita no semáforo, sentido Rio Rufino. Em seguida, seguir pela SC-370. 


Ao chegar na bifurcação, deverá pegar à esquerda. Para desfrutar desta maravilha, é preciso pagar. Em 2022, a entrada era R$20 por pessoa. Estudantes e pessoas com mais de 60 anos pagam R$10 mediante comprovação. Crianças até 10 anos não pagam. 


Morro do Parapente 

Localizado no centro de Urubici, o Morro do Parapente tem vista panorâmica da cidade e do nascer e pôr do sol. Por isso, o Parque Morro do Parapente abre às 6h e fecha só às 20h. Além de aproveitar as cores vibrantes do outono, o turista que visita a Serra Catarinense e o morro pode aproveitar um bom passeio em família. 


Os visitantes que gostam de aventura e curtem uma linda paisagem podem voar de parapente. O acesso ao local é aberto todos os dias das 6h às 20h. Para chegar, o turista deverá ir pela Rua Zeferino Salvado, no Centro de Urubici. A entrada é pelo lado da churrascaria Tradição. 


O ingresso para curtir essa beleza natural é R$20,00 por pessoa (segundo as últimas informações). Estudantes e pessoas acima de 60 anos, com comprovante, pagam meia-entrada. Crianças até 10 anos não pagam. O ingresso pode ser retirado diretamente na portaria do parque. 




Parque Nacional São Joaquim

No Parque Nacional São Joaquim é possível encontrar belezas naturais e muitas trilhas. Uma das mais conhecidas é a Trilha da Serra do Engenheiro. Ela fica situada na região do Rio do Bispo, no município de Urubici. O acesso é a partir do núcleo urbano da cidade, Bairro Esquina.  


São 18 Km pela SC 370 em direção à serra do Corvo Branco, entrando à direita no acesso à localidade Rio do Bispo. Pela estrada geral do Rio do Bispo, o turista percorre 2Km até o Sítio Terras do Sul, sendo este ponto de acesso à trilha. 





Atividades sazonais na serra catarinense também são atrações no outono

Durante o outono, há algumas atividades que você pode aproveitar. Veja:


Visita ao Morro da Igreja 

O Morro da Igreja é um dos mais famosos da Serra Catarinense. Ele é localizado em Urubici e tem uma vista de tirar o fôlego. De lá é possível ver um dos pontos mais famosos da serra, a Pedra Furada. 


A região pertence ao Parque Nacional de São Joaquim e possui restrição quanto ao número de visitantes por dia. Portanto, para fazer a visita é necessário solicitar uma autorização ao ICMBio, no centro da cidade.



Fotografia na Cascata da Barrinha

Localizada em Bom Jardim da Serra, a Cascata da Barrinha é linda e tem um fácil acesso. A entrada é gratuita e você pode tirar belas fotos no outono. Apesar de ser considerada uma pequena cascata, vale a visita, pois a vista é de tirar o fôlego!




Degustação na colheita da maçã

A colheita da maçã é uma atividade que atrai muitas pessoas na Serra Catarinense. Ela acontece durante os meses de fevereiro a maio. Os turistas participam da colheita da maçã e aprendem sobre o cultivo da fruta. Eles também conhecem a história dos produtores rurais. 


Além de vivenciar a vida do campo, quem visita a Serra Catarinense nesta época do ano aproveita a degustação de maçãs frescas, geleias, compotas e sucos. Tudo isso é oferecido em algumas propriedades que contam também com caminhadas pelos pomares e passeios de trator. 



A gastronomia também é uma atração da Serra Catarinense 

Veja as opções para você apreciar:


Pinhão 

Durante o outono, o pinhão, semente típica da Serra Catarinense, começa a ser colhido, o que faz da estação a época ideal para comê-lo, pois está fresquinho. Em Urubici, por exemplo, essa iguaria é usada para fazer vários pratos. 



Além disso, como a estação é considerada uma das mais tranquilas para os turistas, a concorrência por espaço nos restaurantes mais bem avaliados ainda não é tão grande, o que garante conforto para quem visita a Serra Catarinense. 


Cafés da manhã e pratos típicos

Um dos melhores cafés da manhã você encontra no Rio do Rastro Restaurante. O espaço fica em meio a lagoa e proporciona uma energia tranquilizante para os turistas e visitantes fazerem as refeições. 


Além disso, as opções são personalizadas e os turistas podem optar por pratos quentes servidos na mesa com ingredientes selecionados. 




Culinária tropeira 

Comida feita no fogão à lenha e fogueira. Costela desfiada, churrasco gaúcho, arroz de carreteiro, carnes nobres e muito mais. A culinária tropeira é conhecida por sua tradição e também por ser considerada uma comida forte, destinada aos tropeiros da região da Serra Catarinense.


 

Truta como opção saudável

Também tem a truta, um peixe de água doce e fria. Uma boa opção para quem aprecia carnes magras e saudáveis. O peixe pode ser grelhado, frito, assado com batatas, legumes e até pinhão. 


Sem dúvida, uma excelente opção para as pessoas que apreciam uma comida mais saudável ou que, até mesmo, por motivo de saúde, precisam se alimentar com carnes magras. 



Clima e acessibilidade também são apreciados na meia-estação


A Serra Catarinense tem um clima ameno no outono. Isso é uma característica da meia-estação. A temperatura é agradável e o período simboliza a transição do calor do verão para o frio do inverno. A média das temperaturas nos municípios da Serra variam entre os 14 °C e os 20 °C. 


Perfeita para quem não gosta de ficar abaixo de zero, não é mesmo? A temperatura também é favorável para a prática de trekking, caminhada em montanhas por meio de trilhas naturais. 


Outra dica é o clima agradável para a prática do cicloturismo. Em cidades como Urubici, por exemplo, o turista pode aproveitar para conhecer os pontos mais importantes. 


Sobre a acessibilidade, é importante ressaltar que o outono é uma estação mais tranquila na Serra Catarinense. Ele é perfeito para quem deseja relaxar sozinho ou acompanhado, a dois ou com toda a família. 


Além disso, os hotéis da região possuem uma excelente programação para quem deseja curtir as belas paisagens, a culinária e os demais encantos da Serra. 


Como chegar na Serra Catarinense


Veja como é fácil chegar na região mais famosa de Santa Catarina:


Pelo Aeroporto de Jaguaruna


O aeroporto mais próximo da cidade de Bom Jardim da Serra e a melhor opção é o Aeroporto de Jaguaruna (JJG) com voos diretos de Campinas-SP (VCP) pela Azul e de Congonhas-SP (CGH) pela Latam.


Pelo Aeroporto de Florianópolis


O Aeroporto de Florianópolis (FLN) tem mais opções de voos. Neste caso, você pode vir pela BR 101 ou pela BR 282. 


Como você viu neste artigo, há várias opções para curtir o outono na Serra Catarinense. Paisagens, atrações turísticas e a culinária local fazem parte do roteiro de outono para qualquer turista que deseja conhecer um dos lugares mais lindos do Brasil. 


Comments


bottom of page